Quatro passos para restaurar móveis

Olá!

Hoje a publicação é sobre técnicas de restaurar móveis. 
Cada vez mais gostamos de dar uma nova vida às memórias que pensamos
estarem perdidas.
Restaurar móveis antigos, mantendo a sua essência e enquadrados no resto da decoração, sim é possível!

Para esta publicação inspirei-me em conteúdos da empresa Fixando.
Uma plataforma online que permite o contacto dos clientes com profissionais, para contratação de vários serviços. 
Exemplos: estofador, jardinagem, catering, nutricionismo, certificação energética...


Como restaurar móveis de madeira em 4 passos

Cada vez mais me convenço que, no que toca à decoração de interiores, restaurar móveis é um verdadeiro dois em um. Por um lado, evitamos abater mais árvores e deixamos de ser coniventes com os incendiários, já que os móveis são uma das muitas maneiras para a madeira queimada acabar nas nossas casas. Por outro, conseguimos dar um toque de originalidade à nossa casa através de peças únicas e que não se encontram nas lojas comuns.

Aliás, fico contente por saber que muitos decoradores de interiores em Lisboa partilham da minha opinião e que são cada vez mais os que tentam aproveitar ao máximo a madeira original das dezenas de casas que estão a ser reabilitadas na capital. Uma tendência que também se estende ao Norte, porque os decoradores de interiores no Porto são os primeiros fãs de lojas, como a Primeira Demão no Bairro das Artes da Invicta.

Se são tão curiosas sobre a restauração de móveis quanto eu, então vão gostar de saber que é possível restaurar móveis de madeira em (tão só!) 4 passos. Aqui vão eles:

1.   Escolher o móvel e os materiais.
O primeiro passo é - obviamente - escolher o móvel que vamos restaurar. Se estão à procura de um tipo de móvel em específico (cómoda, mesa de cabeceira), então vale a pena espreitar em lojas e feiras de peças em segunda mão. Em Braga, já há várias e no Porto há dezenas, mas as verdadeiras pechinchas encontram-se nos grupos de venda do Facebook, no OLX e no Custo Justo, em grupos para “despachar tralhas” - lá diz o ditado, “one man’s garbage is another man’s gold”. Quando escolherem o móvel, então tentem imaginá-lo noutra cor, com outros puxadores, etc, e façam a lista de materiais necessários.

2.  Lixar a madeira e aplicar o primário.
Como só estou a explicar como restaurar móveis em madeira, o segundo passo é sempre lixar a superfície e aplicar um primário que “apague” a cor da madeira original. Este é o passo mais “sujo” de todo o processo - façam isto na garagem ou num espaço onde possam levantar pó e partículas de madeira sem riscar nada! Se durante esta fase se aperceberem que não conseguem lixar nem pintar o armário sozinhas, procurem um restaurador de móveis na zona onde moram. A última coisa que querem fazer é estragar a pequena preciosidade que querem restaurar!
  
3. Pintar o móvel de madeira.
Depois de aplicar o primário, está tudo pronto para pintar o armário. Prepare-se para dar mais do que uma demão: à primeira é normal que a cor ainda não esteja muito intensa ou completamente sólida, por isso é normal precisar de uma segunda demão ou até de uma terceira. Depois de pintar, limpe o excesso de tinta com um pano velho.

4. Toques finais!


Depois de pintar o móvel, só faltam os toques finais. Um bom acabamento para os móveis em madeira é a cera (que pode passar rapidamente com um pano), mas também pode optar pelo verniz para um acabamento brilhante e para proteger o móvel (há menos probabilidade de manchar ou riscar, por exemplo). Aconselho a escolher um verniz transparente para não alterar a cor do móvel!

O que acham? Alguma vez restauraram algum móvel? Têm alguma joia em casa que gostavam de restaurar mas não sabem como? 


Fonte da publicação: empresa Fixando.


Beijinhos.

Evelyne.

Comentários

Mais Vistas

Bem-vindos ao meu jardim colorido! Welcome to my colourful garden!

Querido Home Styling by Querido Mudei a Casa

Embrulhos originais feitos com material reciclado / Original gift wrapping made from recycled material

Reciclar troncos de árvore / Recycle of tree trunks

Reciclagem de Paletes