26 de janeiro de 2016

Festa dos 18 anos de uma princesa especial…

Olá,

Como diria a cantora Mariza:
“... Eu sei que o tempo não pára, que o tempo é coisa rara, e a gente só repara, quando ele já passou…”
“...Vou pedir ao tempo, que me dê mais tempo para olhar pra vocês…

O tempo não pára mesmo, estes 18 anos passaram a voar.

Já iniciaste uma nova etapa da tua vida, aproveita-a da melhor forma!

Tirando o bolo e bolachas, executados pela minha amiga cake designer (Elsa Pinheiro), a decoração ficou ao meu cargo.
  • A toalha da mesa: afinal é um simples lençol. Não encontrei algo em azul que me agradasse; 
  • O bolo foi colocado numa “prato alto”: feito a partir de tigelas da minha avó e de pratos; 
  • As bolachas foram dispostas no espelho: que se encontra normalmente no quarto da minha princesa pequena; 
  • Os copos de champanhe são do dia do meu baptizado. Algo simbólico para mim.
Seguem-se algumas fotos inspiradoras. Espero eu!

Mesa principal, do bolo com três palavras em inglês: love, live, laugh (grande significado para a aniversariante)! 
As bolachas são referentes a Nova York, primeira cidade a visitar quando tiver meios para isso!


Pormenores do bolo e do prato alto.


Grande pormenor do “tabuleiro”.


O bolo em várias perspectivas.



Bolachas com “símbolos” de Nova York.


Arranjos com flores do jardim.


Caderno das dedicatórias dos convidados,
 antes de ser embrulhado.


Continuação de uma boa semana.

Beijinhos



Evelyne

21 de janeiro de 2016

Dicas para decorar tabuleiros…

Olá,

Gosto de completar as minhas decorações, com livros, velas e caixas recicláveis.

Ainda há pouco dias, este tabuleiro tinha um serviço de chá, pronto a ser utilizado.

Com o novo ano, tive vontade de mudar sua decoração.

Guardei o serviço de chá no armário e as caixas vieram cá para fora!

Como podem ver, nova decoração ao alcance de todos e sem custos!


Seguem-se algumas imagens…

Caixas azuis de velas já usadas.
Caixas brancas onde já tiveram frascos de perfume.

Com tão pouco podemos alterar qualquer ambiente do nosso lar!

Pormenor das caixas vazias de perfume.


Taça em cerâmica, encontrada “perdida” na casa da minha mãe.


Pormenor das caixas azuis.



Beijinhos



Evelyne

15 de janeiro de 2016

Começar o ano com flores

Olá minhas queridas leitoras!

Na última postagem de 2015, terminamos o ano com flores: os jacintos e azevinho.

Neste início de novo ano “presenteio-vos”, virtualmente, com os primeiros arranjos de orquídeas (do nosso jardim).



Aproveito para desejar um ano 2016 com muita saúde, momentos de pura felicidade e cumplicidade em família ou entre amigos, sucessos pessoais e profissionais e muito mais…




Adoro as cores e vocês?





Flores diferentes, em perfeita harmonia.



Orquídeas brancas em pormenor,
colocadas em pote turquesa para realçar sua beleza natural.




Uma boa semana.

Beijinhos




Evelyne

24 de dezembro de 2015

Natal...

Boa tarde de véspera de Natal,

Neste dia 24 de Dezembro, não podia deixar de passar por aqui para apresentar a última postagem do Natal 2015!

Desta vez, escolhi imagens das nossas decorações, onde o realce foi as flores.

Aproveito para desejar um santo Natal com saúde, paz, harmonia e muiiiiiiitas risadas a todos os que passam por aqui, amigos e familiares.

Aproveitem o convivo familiar, que nem sempre podem ter durante o ano.

Hoje é dia de esquecer tudo e sermos todos felizes!

Feliz Natal.



O Azevinho tem sempre de estar “espalhado” pela casa. Confere logo cor e alegria!




Encontrei estes ramos no bosque, ficaram bem com as bolas verde, não acham?



Ai o aroma dos Jacintos!





Deixei passar uns dias “et voilá” jacintos em flores.
Pura delícia, logo que entramos em casa, somos “acolhidos” por um doce aroma.




Pormenor de alguns enfeites da nossa árvore, com peças naturais, tal como gosto.




Os laços nas almofadas não podiam faltar, já fazem parte de uma tradição criada em nossa casa.



Finalmente, aqui está a nossa árvore de Natal, em tons de cinza e branco.


Beijinhos,




Evelyne

21 de dezembro de 2015

Pinhas, velas e objectos que já possuímos nas decorações natalícias…

Boa tarde,

Esta postagem apresenta algumas decorações, onde as pinhas e as velas são os elementos de destaque.

Para quem ainda não fez as decorações, ficam imagens que possam inspirar-vos.

Boas decorações!

Pinhas colocadas, em guarda-jóias que transformei em caixas de Natal.




Mistura de natureza morta, com cerâmica e velas…









Beijinhos,



Evelyne

17 de dezembro de 2015

O “mundo” natalício da nossa princesa…

Olá,

No ano passado, a pedido da nossa filha, o avô colocou um pinheiro natural, no hall, para que a neta pudesse decora-lo à sua maneira.

Este ano, após a decoração familiar do pinheiro artificial da sala, a princesa ficou com vontade de fazer o mesmo no seu quarto. Lá foi o avô recolher um pinheiro natural, ao nosso jardim!!

Desta vez, sem ajuda, idealizou e realizou a decoração do pinheiro, que liberta um delicioso aroma, e as restantes decorações do quarto.

São nestas actividades de partilha que, conseguimos transmitir, aos mais novos, o verdadeiro espírito do Natal para que continue a perdurar entre gerações.

Deixo-vos com algumas imagens desta “operação - especial – de decoração de Natal”, realizada pelo membro mais novo da família.



Presépio, oferecido pela Manuela (cemanias), colocado na parte de cima de uma estante, juntamente com a sua caixa. 




 Bolbo de jacinto numa caixa que tenho há anos, oferta também da Manuela.




Na mesinha de cabeceira, colocou:
  • Renas, recuperadas do lixo por estarem partidas. Bom sentido ecológico!
  • Utilizou um castiçal antigo que decorou com o Pai Natal;
  • Colocou, em frascos de vidro, bolas de natal.

A vela decorada na escola, tinha de ter lugar de destaque junto às renas e ao Pai Natal!


Finalmente o famoso pinheiro, onde elaborou uma “mesa de apoio”, para dispor:
  • Um mini presépio em barro, realizado no último ano, no jardim infantil;
  • A vela vermelha, com mais de 20 anos, oferecida pela Manuela;
  • O vaso em vidro preenchido com pétala de rosa, pinhas e uma vela.



Sou a mãe da princesa, por isso sou suspeita!

No entanto, considero que criou uma decoração harmoniosa. Exclusivamente com objectos encontrados em casa, sem nenhum custo!

Parabéns meu amor.

Vamos lá incentivar os nossos pequenos a fazer o mesmo, uma actividade lúdica com um grande significado subjacente.

Beijinhos,


Evelyne

10 de dezembro de 2015

Era uma vez um carrinho…

Já tiveram a oportunidade de descobrir este carrinho, em postagens muito recentes da Manuela (Cem Manias).

Ao passear por uma loja de decoração, descobrimos algo ideal para colocar suculentas, cultivadas pelo o meu pai!

Só restava esse carrinho na loja, era a evidência que tinha de trazê-lo!

De regresso, começámos logo a idealizar o resultado final.

Consideramos que este, poderia constituir uma bela prenda de Natal, com pinceladas da natureza,

Para fazer este tipo de arranjo natalício, foi necessário:
  • Adquirir um cesto em verga ou um vaso em vidro, a escolha recaiu sobre o cesto;
  • Plastificar base do carrinho em verga;
  • Escolher suculentas, que podem estar no vosso jardim e, nem repararam!
  • Acomodar o musgo, na base do carrinho;
  • Dispor, harmoniosamente, as suculentas;
  • Toque final: acondicionar algumas pinhas e pedras por cima do musgo.

Este presente foi idealizado e elaborado para uma querida família, cuja amizade tem mais de 25 anos. Obrigado por tudo!


“Obra-prima” concluída tirada sobre vários ângulos.







Embrulho, adoro fazê-los com tecido!


Beijinhos,

  
Evelyne

1 de novembro de 2015

Continuar com a vida e os prazeres…

Por vezes, a vida tem o dom de “presentear-nos” com desafios difíceis e demorados de superar. Este é o motivo da “paragem” deste blog, durante estes meses. No futuro, irei tentar passar por cá mais vezes.
Agradeço toda a vossa compreensão!

Na sequência da postagem anterior, fiz uma selecção de imagens de alguns arranjos elaborados por mim, com as flores do nosso jardim.

Espero que possam constituir uma foto de inspiração!






Para dispor as flores deste conjunto de imagens, reciclei copos de velas.











Beijinhos,

Nota Pessoal:
Juju, não me podia esquecer de ti neste dia. Espero que gostes.


Evelyne